23 de janeiro de 2007

Posso?...


Hoje, só hoje: posso ter um pouco de vaidade nas palavras?
Como quem cala consente , lá vai:
A GLNP.'. teve a gentileza de editar parte da minha croniqueta que fiz publicar no CBS e, mais tarde, trouxe a este espaço. "Coroa de Espinhos" é (foi!) muito mais do que um amontoado de palavras; talvez por isso, ilustres visitantes tenham deixado recados e disseram ao que vinham. A peça ( de jornal) teve por destino a Akákia Mimosa pelo tempo quase divino com que me obsequiou - ela que foi paixão e ternura, dor, desgosto e saudade, mas que se mantêm "musa" das minhas coisas por aqui e no "recato do secreto dos meus segredos".
Grato pela deferência da GLNP.'. e da fraternidade de quem me alimentou o ego.
Gratidão maior à Akákia Mimosa, "rosa e capicua" de curta primavera no meu outono.

.'.