18.1.07

De tanto cuidar, a rosa "murchou".
***
Procurava uma "rosa triste",
desmaiada,
para acompanhar um texto que imaginava partilhar.
Eis que surge este "recado" e eu, com a devida vénia, faço-o meu.
_____

Até onde você pensa que vai, dias atrás chorava feito criança e hoje já quer se mostrar o mais maduro dos frutos. Cale a boca e me escute, desse jeito não se chega a lugar algum, as pessoas são muito importante, você sabe disso, não se esconda de seu passado, mas também não se entregue aos erros nele ocorridos.
O mundo é grande e dá muitas voltas, o troco chega, fique calmo, a toda hora te vejo esbravejar contra a vida e sua forma de fazer justiça, pois se acha que a forma está errada, vá em frente faça sua própria justiça, lute pelo que acredita e o que acha certo, talvez seja a melhor forma de acabar com esse rancor que se esconde por atrás desses seus sorrisos amarelos. Grite ao mundo e seja mais feliz, não perca tempo, pois ele é raro e curto, pois passa rápido e nunca mais volta.
Traga à tona sua verdadeira forma de pensar, conte a todos o que acha deles, não se esconda atrás dos muros da piedade, acabe com as mentiras que formam sua vida, não seja um ser desprezível, seja autêntico por mais que doa, seja feliz e deixe os outros serem.
Escrito por T_hiAgo às 21:20

4 comentários:

Serenidade disse...

Eis um conselho a seguir...

Acredito que se deve ter revisto neste pequeno texto...

Quem faz o que pode a mais não é obrigado, assim diz a minha avó!

Cuidou da rosa, quis fazê-la feliz, trazê-la de novo a vida. A rosa deu-lhe o alimento de alma que tanto necessitava. Se ela não quer ser cuidada, lá terá os seus motivos.

Cuide agora de si... voe livre pelos céus... seja feliz...

serenamente...

Margarida disse...

Uma coisa boa que têm as roseiras é que basta podá-las e regá-las e elas desfazem-se em mais rosas...
Não se pode cuidar da rosa a não ser no planeta do Principezinho. Aqui em baixo só se pode cuidar da roseira.
Que a tua refloresça. :-)

Teresa Durães disse...

:)

bom fim de semana

Célia disse...

Amigo!Podemos sp dar mto de nós, mas é imptt q na hora de receber seja reciproco!Pq caso contrario fica a magoa e a dor!Embora nem sp seja facil, qd perdemos uma batalha temos q rapidamente erguer a cabeça e seguir em frente!Pq como a minha mae de forma sábia diz:"Há mais mares do que marinheiros!"Faça o favor de sorrir, olhar para td o que tem de bom, por vezes as pequenas coisas, um simples sorriso de uma criança, e seja feliz! Não se entregue à solidão! Um abraço Célia