8.11.11

Saiu-me na rifa o dia em que nasci



Ontem, dia sete, saiu-me na rifa o dia em que nasci. Não digo em que ano... porque perdi a memória, não me lembro...


Lembro, isso sim, as dezenas de pessoas que neste dia marcaram presença através de simples mensagens e/ ou lembranças, algumas comoventes - as pessoas fizeram parte da minha vida durante quase uma década, e as lembranças são para a vida inteira!


Vieram os ritualistas em peso, e eu gostei de os ver chegar. O RITUAL BAR foi o aconchego de um gostar diferente, como as palavras que alinho, daí que a mensagem de parabéns deixada pela Raquel Silva tenha o significado de "um amor perfeito" pela poesia das palavras que identificam os diferentes cocktails, inventados e servidos - todos eles! - com dedicatória; como perdi a memória, não me lembro... de quem mereceu tais privilégios...


Possivelmente, o RITUAL BAR foi o melhor local para outros aconchegos: música, poesia, exposições de pintura e artesanato, além das palavras, muitas e excelentes palavras: debates de ideias e estórias sem fim!


Agora, de forma singela, é minha intenção prestar homenagem à "família ritualista" através das palavras da Raquel :


"Saudades... Saudades de beber Saudades,Ternura, Amor Perfeito (sem canela), Quinas e os batidos com gelados sem esquecer as Tostas Misticas... Saudades das conversas da música e dos livros, das sessões de poesia...e do jambé... enfim... Saudades...".


Com uma "lágrima ao canto do olho" e o coração a bater mais apressado, fico por aqui num abraço - o abraço é apertado quanto baste...

Aos amigos do "depois" do RITUAL BAR, gratidão maior por partilharem comigo a atenção dos afectos...

4 comentários:

José Manuel disse...

...Perfeito!!!

redonda disse...

Parabéns!
(o meu afilhado fez 10 anos, no dia 8)

JPA disse...

Olá Carlos Vilaça;

Só hoje te reencontrei, devo dizer-te que lia o teu blog assiduamente, assim como te acompanhava no CBS. Escreves muito bem.
Infelizmente não era cliente assíduo do Ritual Bar, fui lá uma vez com o meu melhor amigo, o Sérgio Gouveia que muita falta me faz.
Não te vou agora dar os parabéns pelo teu aniversário, no entanto desejo que contes muitos.
Continua a escrever de modo a que te possamos ler.

A3raço
JPA

Ramos disse...

JPA - grato pela gentileza das palavras.Por favor anuncia-te por aqui: calbertoramos@gmail.com