28 de abril de 2006

"Pequena que um dia vai ser grande"

Sei de uma menina com resposta pronta sempre que alguma questão lhe é posta.Um dia falei-lhe sobre o "pecado"; segundo o meu conceito do dito, "o pecado está na nossa consciência" - opinei!
Dias depois, voltei ao tema e a menina , de chofre, disse:
- Para mim o pecado é tudo aquilo que gostariamos de fazer e não fazemos porque não podemos ou não devemos!
A menina tem 13 anos, é óptima aluna, empreendedora nas coisas a que se dedica, e como "resposta pronta" para (quase) tudo, construiu o seu "blog". Convidou-me para uma visita, que fiz com gosto.
E a "Anita" escreveu:
...
"Eu, uma pequena (que um dia vai ser grande) rapariga, tenho pensamentos pequenos (mas que
um dia vão ser grandes), até porque com a minha pequena (que um dia vai ser grande) idade, não se deviam ter estes tais pequenos (que um dia vão ser grandes ) pensamentos...Toda esta pequena (que um dia vai ser grande) lógica serve para eu explicar que conheço um senhor grande (que um dia foi pequeno) que tem uma pequena (mas que para mim é grande) teoria, que consiste em que, o mundo dos "grandes"(que um dia já foram pequenos) é cheio de pequenas (mas grandes) complicações. Mas eu, com a minha pequena (mas que um dia vai ser grande) cabeça, que tem pequenos (mas que um dia vão ser grandes) pensamentos, tenho uma teoria melhor (mas não maior), que consiste em que se nós os "pequenos"(que um dia vamos ser grandes) não temos essas pequenas (mas grandes) complicações, leva-me a pensar que, se calhar não será dessas tais grandes (que um dia foram pequenas) cabeças, que tornam "coisas" (que na realidade são pequenas) numa "coisa" grande, só para ficar proporcional à sua grande cabeça?! Fica a pergunta no ar...
Termino a minha pequena (que não deixa de ser grande e boa) teoria.
Aceitam-se pequenas (mas que para mim serão grandes) sugestões...
E um pequeno (mas especial) beijinho para o tal grande (que um dia foi pequeno) senhor!****"