22.3.06

Eu, "poeta"

"... - Olá, bom dia! - disse ele.
Era um jardim cheio de rosas.
- Olá, bom dia! - disseram as rosas..."
( O Principezinho)
*

7 comentários:

Anónimo disse...

Olá bom dia, são incriveis as coincidências, agora mesmo quando estava a abrir o blog estava também a desfolhar o "principezinho" e a pensar como este livro nos une cada vez mais.

greentea disse...

bom dia com rosas.
mas as do meu jardim ainda não abriram.
Começaram agora a despontar as folhinhas...

O Principezinho é um livro para adultos, pois claro.

Há dias ffiz referencia no meu blog.

Bjo.

Era uma vez um Girassol disse...

Agradeço a rosa, poeta Cuco!
A Primsvera desperta em nós graciosidade e ternura, é bem de ver...
Como nos ensina o "O Principezinho"!
Bjinho

guelra disse...

Eu tb falo com as flores que crio.

:)

Paixao disse...

Conto aqui que existe uma Flor que é quase minha Mãe - diálogos não nos faltam! Gosto mt do "Principezinho".
Beijinho

Serenidade disse...

lembro-me de ler o princepezinho quando era pequena...
Não percebi nada... mas gostei...
Hoje, releio a história e descubros as verdades escondidas pelo véu das palavras...
Tenha um bom dia, T. C.

eternidade disse...

adoro tanto este livro...foi um dos que me ajudou a crescer! embora tenha uma pequena idade, li-o quando tinha 7 anos, sei que me impressionou muito e que chorei bastante no fim, embora me revoltassem muitas coisas no livro, talvez por não perceber, não sei, mas se calhar também nunca saberei, pois não tenho coragem para o abrir outra vez( não me perguntem porquê..) beijinhos********