22.3.06

"Estórias" (3)

O Lidington ( perdi o primeiro nome, mas arrisco Luís, e calculo que é hoje Chefe dos Escuteiros...), ao fim de semana, dava boleia no seu Volkswagen a três recrutas. Do alto da sua "sabedoria" ( que a tinha...) filosofava palavras rebuscadas enquanto dava fumaças no cachimbo. Uma vez, empolgado com o monólogo, acendeu o fornilho, encheu a peitaça de fumo e, descontraidamente, atirou o cachimbo pela janela e ficou com o pau de fósforo na mão...
Depois... os quatro soldados do Exército Português foram "apanhados" de cócoras no meio do capim pelo Comandante da Companhia... em busca do cachimbo perdido.

6 comentários:

125_azul disse...

Pois é assim que se perdem as guerras!
Enfim, l'important c'est la rose...
Resto de semana feliz

Teresa Durães disse...

Perdeu-se a guerra mas pode ser que no meio dos recrutas algum tenha começado a entender o significado de filosofia e tenha ficado com o bichinho. Pelo menos houve um cuco que não esqueceu!

guelra disse...

:)

Um outro olhar disse...

iuppiiii, finalmente consigo deixar um comentário.
desde há uns dias que se passa!! e puff fecha-se

gira a história, gostei

bom fds
:)

Nota: cuco tem lá um convite gostava que tivesse uma resposta sua afirmativa.

greentea disse...

uns perdem-se no capim
outros nos blogs dos outros
-----------------------------------
beijo pª ti

Era uma vez um Girassol disse...

Cuco, fiquei fã das tuas histórias e até já adquiri o hábito e pratico o ritual de vir aqui lê-las...
Temos muitas histórias para contar, não é? Umas maiores, outras menores...Mas são sempre experiência de vida e por isso não as esquecemos!
Bjinho