De volta ao "Namoro"

Peguei no belíssimo poema do angolano Viriato da Cruz ( musicado pelo Fausto para a voz do Sérgio Godinho) e "transformei-me no Benjamim" durante uns dias.Só isso!
Nem o "...cartão que o amigo Maninho tipografou: "Por ti sofre o meu coração" Num canto - SIM, noutro canto - NÃO..." teve destino certo ou incerto. E não " andei barbudo, sujo e descalço como um mona-ngamba..."! Mesmo assim, "entrei no personagem", recuei no tempo e recordei certa tombazana que poderia ter sido ansati kamina... mas nem chegámos a ganguissar! Foi pena...
Se o Viriato da Cruz tivesse nascido em Moçambique, como Craveirinha, Rui Knopfli, Reinaldo Ferreira, Guilherme de Melo e tantos outros poetas da "minha terra", decerto seria eu o "Benjamim" de uma "estória" de amor.