6 de fevereiro de 2006

De rosa a tulipa


Ando em maré de sorrisos,
"mas há uma nuvem que esconde o sol quando anoitece no sexto andar,
e o barulho do silêncio não permite que olhe as estrelas da minha janela"!
Possivelmente haverá uma tulipa a espreguiçar-se daqui a pouco, pela manhã;

possivelmente...
Vou telefonar-lhe!