24.10.05

SECRETO SEGREDO

Viajei com as minhas mãos pelo oceano de lágrimas do teu rosto
em busca de porto seguro
- miragem de emoções
cativas da memória do olhar que se perdeu
na imensidão do teu sorriso,
que sempre fala, mas pouco diz;
por isso, há uma jura de não te ver
e um desejo para que voltes
todos os dias...
Fico à espera
das palavras que não ouvi, do carinho que não recebi,
do acto que não senti - do gesto de um beijo!
Ah... mas se eu soubesse
que outras mãos percorriam o teu corpo
em busca de sensações adormecidas,
talvez a paixão ganhasse asas
e voasse,
como num sonho,
rumo à solidão a que me proponho!
Este secreto segredo
é muito mais do que estar só!...

1 comentário:

Anónimo disse...

Recomeça...
Se puderes,
Sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro,
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar
E vendo,
Acordado,
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças.
Miguel Torga