3.7.12

Uma rapidinha (licenciatura) à Relvas

"Uma licenciatura de três anos realizada em apenas um. O caso da licenciatura de Miguel Relvas em Ciência Política e Relações Internacionais na Universidade Lusófona é hoje notícia em vários jornais..."

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/o-caso-da-brevissima-licenciatura-de-relvas=f737264#ixzz1zaXnoLvY

....
"Tou todo contente",  ou mais do que isso: "contentérrimo" com a notícia da rapidinha  (licenciatura) do senhor Relvas. A notícia é "bué da boa" cá "pro pessoal" - todo o pessoal, mas mais mais "pros" seguidores e amigos do ex primeiro ministro, de quem se  falou "cobras e lagartos". 
O  pessoal sabe que Sócrates não era um qualquer santinho de ermida, mas este cavalheiro Relvas, ganha-lhe aos pontos, isto é: se ambos fossem atletas  da bola no cesto, o homem da rapidinha (licenciatura) dava uma cabazada, principalmente nos "afundanços" no cesto, e nos triplos era um ver se te havias!
Lembro-me de "uma coisa" que João Villaret dizia, por acaso bem dita  ( "pro" meu gosto de menino de coro, carago!);  se bem "ma lembra" chama-se "Procissão". Tem um final que reza assim: " ...Na nossa aldeia que Deus a proteja!  / Já passou a procissão"!
Passou não, "minino Relvinha", viu?

2 comentários:

José Manuel Fernandes Simões disse...

Caro amigo, cada vez estou mais convencido de que isto só endireita na ponta da baioneta. Este tipo de gente só tem um destino, umas férias forçadas em Peniche (no forte) ou então uma corda ao pescoço, árvores não faltam por aí. O Povo perdeu o respeito por eles e estão tão cegos que não conseguem vislumbrar tal evidência. Verdade seja dita, o Povo tem aquilo que merece. Abraço.

JPA disse...

Teria sido assim?

Miguel Relvas assoma à porta do reitor da Lusófona.
-Dá licença?
-Está licenciado.

Não foi assim mas não anda nada longe disto.

Cumprimentos
JPA