12.12.11

Chá de tília

Quando se toma "chá desde pequenino", não se chamam nomes feios às pessoas, muito menos aos chefes, do Governo e/ou outros de quem dependemos para respirar um pouco de tranquilidade cívica (leiam, por favor: mais Justiça, menos taxas  no S.N.S., mais segurança de pessoas e bens, etc, etc...), daí ficar entre o calado  e o silêncio das palavras neste  Natal...
Passos, Relvas e outros cavalheiros do mesmo grau e qualidade, certamente hão-de fazer chegar ao povo que somos as "boas festas" da praxe. Por mim, dispenso o cinismo com enfeites de arrogância. 

Sem comentários: