12.5.09

Imaginação

"Descomplica-se" o poema porque o amor não é complicado...

3 comentários:

H.M. disse...

Ouvia a pedra Filosofal enquanto lia...

Permite que complemente.... e um poema nunca é mudo...

Mariz disse...

Salvé!

Realmente não... Amor não é complicado, e como poderia se ele nos vivifica, permanentemente?!...as pessoas é que o confundem com atracção, com paixão, ou o que mais for.
Penso que ninguém neste Pano sabe como ele é, como o sentir e sobretudo como o dar. Acho até que só em planos mais evoluídos ficarão mais perto dessa verdade - embora ela aqui também seja deturpada com a "verdade de cada um"!
Mas pelo seu "avatar", pensava eu que não seria necessário tanta dispersão de frases de "pensadores" sobre o amor! Até porque pelo que li alguns contradizem outros...
Pergunto: isso é para tentar confundir quem o lê? - mas teve a sua graça.

Amor é...Ser criança. Pensar e agir como se ainda o fossemos, mas sem irresponsabilidades! Ter completa autonomia sobre nós, de onde viemos! Sobretudo QUEM somos e de QUEM viemos! SER e parecer!

Penso que sabe isso, não? "Avataricamente" falando - já que o símbolo aqui ao lado, não se cansa de girar.

Deixo-lhe minha saudação: ESPAVO! - como em MU

ManuelNeves disse...

Viva!

Sim o Amor é simples!
Difícil por vezes é encontrar a sua verdadeira essência, nem sempre a simplicidade é fácil de compreender.

Um Abraço