6.12.06

"Longe da vista, longe do coração" - é verdade?

6 comentários:

Teresa Durães disse...

Não sei :)
sei que um amor frustrado é o mais difícil de curar.

boa tarde

Um outro olhar disse...

talvez sim, talvez não, depende de cada pessoa
mas ajuda

:)

Serenidade disse...

Não! Jamais!

Quando se ama, pouco importa a distância... Por vezes, quanto mais longe da vista, mais perto do coração... Fica sempre o vazio, a saudade...

Nem todos os ditados são verdadeiros...

Um beijo muito sereno da sua sobrinha...

Maria disse...

Depende do "olhar"
É minha opinião :))
Bom fim de semana!
Maria

Silvia disse...

Acredito que sim. O amor faz-se de partilha e não de idealismos.

Guida disse...

Não, não é verdade.
A distância apaga a recordação dos momentos ásperos, atenua a memória das arestas que ferem.
Depois faz ressoar o eco das alegrias, arredonda as recordações doces da pele e da alma.
A distância esbate as sombras, tira o relevo que dá volume à realidade e cria uma imagem grega, um ser perfeito, objecto de uma saudade tão irreal quanto irreal é o ser que a provoca.
Longe da vista, fermento no coração.