14.12.06

ENCANTADOR DE "SERPENTES"


Carreguei os braços com dicionários e prontuários, abri caminhos inóspitos na Internet, consultei puristas da minha língua materna e um dia, hoje, resolvi dar por finda a busca do sinónimo da palavra PERSUASIVO. Afinal, os meus conhecimentos gramaticais não são tão superficiais como, erradamente, tinha concluído: dizer que alguém é (foi) PERSUASIVO, é chamar-lhe… talvez HIPNOTIZADOR – um verdadeiro mágico!
Agora a sério: quem PERSUADE determina a vontade de alguém; leva alguém a crer, a aceitar ou a decidir (fazer alguma coisa); induz, instiga, convence, aconselha, etc – segundo "soube" nas fontes a que recorri.
Confesso que não me reconheço com tais predicados, e não me imagino ENCANTADOR DE SERPENTES!
Todo este arrazoado desfaz, a meu ver, a insigne ilusão do amor apaixonado sem retorno. À falta de argumentos, o recurso é, por norma, a invenção de situações análogas aos sentimentos superiores, mas que não passam de retórica justificativa de actos impensados – importa é sair de “alma lavada”, ou fazer como Pilatos, depois de entregar Cristo aos carrascos.
A que propósito vem toda esta confusão de palavras? Simples: apeteceu-me confundir as minhas próprias ideias e fazer deste texto um jogo, e desafio alguém para o dito – basta que sejam descodificadas as pistas que deixo nas entrelinhas e as meias palavras que ficaram por dizer, e facilmente se acerta no alvo, o que garante, à partida, reconhecimento público pela perspicácia, meia dúzia de caramelos e dois bilhetes para ouvir na RFM o Juanes cantar La Camisa Negra !

2 comentários:

Silvia disse...

Se assim é, já não quero.

Cordda disse...

Cuco


me persuadiu texto e música.



cordda